Seguro de Vida

O seguro de vida garante indenização aos seus herdeiros e/ou familiares em caso de morte natural ou acidental e também pode cobrir invalidez permanente, doenças graves, diárias de incapacidade temporária e muito mais.
Seguro de Vida - Guia Completo

compartilhe este artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Sumário

Nos Estados Unidos a quantidade de pessoas asseguradas gira em torno de 59%. É uma modalidade de proteção considerada indispensável nos países desenvolvidos.

Com o desenvolvimento da educação financeira no Brasil, vem se constatando que o seguro de vida pode ser considerado umas das aquisições fundamentais, tanto quanto um seguro auto.

O que é seguro de vida?

Seguro de vida é a proteção que garante a indenização aos familiares e/ou herdeiros em caso de morte, invalidez permanente ou temporária e doenças graves que acometam o segurado.

É firmado um contrato (apólice) entre o segurado e a seguradora, por tempo determinado ou indeterminado e os fatores e requisitos vão sofrer variáveis de acordo com a modalidade que será solicitada e o perfil do requerente.

Por que fazer?

Mais do que uma garantia em caso de morte do segurado, o seguro de vida é um ato de responsabilidade futura que pode proporcionar benefícios que garantem a proteção financeira do segurado e de seus dependentes.

Veja abaixo alguns fatores decisivos para a contratação desse seguro:

1

Proteção aos familiares e/ou herdeiros

Contratando o seguro de vida você é capaz de proteger aqueles que ama e ter a tranquilidade de saber que seus dependentes não estarão desamparados caso você seja acometido por morte natural ou acidental.

2

Cobertura por invalidez

Essa modalidade garante indenização também em casos de invalidez total ou parcial decorrente de acidentes, proporcionando a substituição da renda por determinado tempo.

3

Cobertura a doenças

Incapacidade temporária e doenças de cunho grave, sem cura ou em estado terminal também podem ser adicionadas conforme o perfil de cada contratante.

4

Coberturas adicionais

O seguro de vida pode contar ainda com coberturas adicionais que incluem pagamento de despesas médicas, hospitalares e odontológicas em sinistros que ocorram por acidentes.

5

Ressarcimento financeiro imediato

Outra grande vantagem dessa modalidade é que a indenização ocorre independentemente do inventário ou de partilha judicial entre os herdeiros, garantindo uma proteção financeira eficácia.

Como contratar um seguro de vida?

A maneira mais segura de se contratar um seguro de vida é contatar um corretor de seguros qualificado e habilitado pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP).

O Corretor de Seguros é o profissional que representa o segurado junto à seguradora e poderá auxiliar em todas as etapas de contratação do seguro. O corretor de seguros irá então fazer cotação em uma ou mais seguradoras, considerando as suas necessidades de forma a definir o melhor plano para você, conciliando serviços e valores.

Não espere por uma situação ruim para tomar uma iniciativa, previna-se contratando um seguro de vida e mantenha você e sua família protegidos.

Como o seguro de vida é calculado

O cálculo do seguro de vida é baseado no perfil do segurado, na probabilidade de o sinistro ocorrer no período de vigência e nas escolhas das coberturas, já que quanto maior a proteção, maior será também o valor da parcela mensal ou do prêmio integral.

Quem eu posso escolher para ser beneficiário?

Você pode escolher para ser seu beneficiário qualquer pessoa. Sejam filhos, cônjuge, pais, familiares e até mesmo amigos.

Você pode optar por não indicar nenhum beneficiário também.

O que acontece se não houver indicação?

Se não houver indicação de beneficiários o valor do seguro é dividido entre o cônjuge legal e os filhos.

Porém, na falta de cônjuge e de filhos o valor será destinado aos pais do beneficiário.

Qual a diferença entre o seguro de vida e o seguro de acidentes pessoais?

O seguro de vida garante a indenização aos beneficiários independente o motivo da morte ou invalidez do segurado.

Já o seguro por acidentes pessoas só indeniza exclusivamente em caso de morte ou invalidez por acidente.

Quais são os tipos mais comuns de seguro de vida?

Cada modalidade de seguro possui suas especificações e seus benefícios próprios. Para que não te reste dúvidas na hora da contratação, seguem as características dos tipos mais comuns e contratados:

Seguro de vida tradicional

Essa categoria de seguro é contratada geralmente por aqueles que desejam garantia financeira para seus dependentes em caso de doenças graves, morte e invalidez permanente ou temporária.

O valor do prêmio será estipulado com base nesses quesitos e a idade do contratante, e deve ser pago de acordo com os prazos estipulados para conseguir solicitar a indenização.

Em caso de inadimplência pela falta do pagamento das mensalidades, a seguradora pode cancelar a apólice de seguro e o valor investido não será reembolsado, esse fator torna essa modalidade bem mais em conta do que o seguro resgatável.

Algumas seguradoras impõe um limite de idade de até 65 anos para contratação desse seguro e outras estipulam planos especificamente para idosos. Isso acontece pois, quanto maior a idade maiores são os riscos e também por consequência o valor do prêmio.

Diferente do seguro resgatável, se você precisar cancelar o seguro de vida tradicional não conseguirá reaver o valor das mensalidades pagas o que torna essa modalidade muito mais barata.

Seguro de vida resgatável

Nessa modalidade de seguro, além das coberturas previstas no seguro tradicional ele conta com a possibilidade de resgatar parte ou todo o valor investido quando necessário ainda em vida, respeitando o contrato estipulado.

Algumas seguradoras oferecem ainda serviços adicionais como despesas educacionais dos filhos se confirmar dificuldades por desemprego ou outros fatores.

A grande diferença desse seguro é a aplicação do valor do prêmio que funciona como um título de capitalização com investimentos mensais, ou seja, uma reserva financeira.

O seguro de vida resgatável pode ser encontrado no mercado em duas categorias:

Resgate periódico

O segurado poderá solicitar o resgate do valor aplicado em um período estipulado, que poderá ser após 10 anos ou mais dependendo das condições da seguradora.

Resgate definido

O segurado é que definirá quando irá resgatar o valor sem a obrigação de cumprimento de um prazo que seja determinado pela seguradora.

Em ambas as opções descritas, existe uma carência para o resgate de cerca de 24 meses e após o resgate o seguro perde a validade.

O valor acumulado será recuperado com correção de taxa média de juros já que a inflação é medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

Vamos considerar que os rendimentos são calculados apenas sobre parte das parcelas pagas, não sobre o total. Portanto, apesar de ser uma opção rentável, não deve ser considerado como um investimento.

E por fim, deve ser levado em conta que essa modalidade, diferente do seguro de vida tradicional, não atualiza os valores conforme o índice de risco do cliente e sim com relação a correção do IPCA, por esse motivo, pode sair bem mais caro, principalmente se contratado por jovens.

Para saber mais sobre resgate de seguro de vida clique aqui

Seguro de vida temporário

Essa modalidade de seguro é contratada por um período pré-determinado, com a finalidade de arcar com certas despesas, caso o segurado não consiga mais pagar devido à algum acontecimento.

É comumente contratado para financiamentos imobiliários e despesas estudantis como ensino superior para os filhos, pois, esse seguro garante a continuidade do pagamento em caso de sinistro.

O principal benefício é que não existe tempo mínimo ou máximo de vigência, pode ser validado por alguns anos ou por décadas já que o período é estipulado pelo contratante.

Seguro de vida vitalício

Esse seguro garante cobertura para morte, seja por acidente ou questões naturais, por toda a vida do segurado.

Os valores de contrato não terão alterações em caso de invalidez permanente e também é possível realizar resgate em caso de doenças em casos terminais ou que não tenham cura.

Essa modalidade de seguro apresenta maior rigidez para contratação, podendo solicitar histórico de doenças na família, exames médicos e declarações de rendimentos e bens.

A maior vantagem do seguro vitalício é que em caso de morte do segurado a família poderá ter compensação na partilha do inventário ou até mesmo cobertura dos custos e a garantia do padrão de vida.

Seguro de acidentes pessoais

Essa modalidade oferece proteção exclusivamente para sinistros que ocorram com o segurado devido a acidentes previstos na apólice.

O seguro contra acidentes pessoais tem uma maior flexibilidade e por isso pode ser contratado por prazos curtos, até mesmo inferiores a um ano de vigência.

A proteção cobre morte, invalidez parcial e temporária, oferecendo serviços adicionais como despesas hospitalares, médicas e odontológicas resultantes de acidentes.

Reforçando que só há cobertura para danos permanentes resultantes de acidentes o que não inclui morte por questões naturais.

Seguro de vida em grupo (seguro empresarial)

É uma modalidade de seguro empresarial e é comum ser oferecida como um benefício aos colaboradores.

Garante aos funcionários da empresa e seus familiares segurança em caso de alguma fatalidade, sendo o valor menor do que o seguro de vida individual.

Só pode ser contratado por quem possui uma empresa e o número mínimo de funcionários é determinado e pode variar conforme a seguradora. O plano só é válido para funcionários, sindicatos e organizações.

Esse seguro é essencial para quem se preocupa com a empresa e seus colaboradores e pode ser contratado em duas modalidades:

Não contributário

O funcionário não colabora em nada com o valor do prêmio e recebe a indenização sem nenhum custo

Contributário

O funcionário contribui com parte do valor que geralmente é descontado em folha de pagamento.

Dentre as coberturas mais comuns dessa categoria são morte natural ou acidental, indenização em rescisões contratuais, diárias por incapacidade temporária e invalidez total ou parcial.

Seguro de vida do produtor rural (seguro rural)

É a modalidade de seguro destinada aos produtores rurais que desejam investir considerando as adversidades climáticas e oferecer garantias aos seus herdeiros.

Possui uma ampla rede de categorias para o seguro rural e as proteções abrangem desde a amortização ou liquidação de operações de crédito rural contratado pelo produtor rural a proteção do seu patrimônio, seus produtos e também assegurar a vida dos seus produtores.

As principais coberturas são para:

Para saber mais sobre seguro de vida do produtor rural clique aqui

Seguro de vida familiar

É o seguro que contempla cobertura para o casal, oferecendo maior segurança ao cônjuge e aos filhos caso algum infortúnio acometa qualquer um dos dois assegurados.

As coberturas são semelhantes às do seguro de vida individual, porém, a apólice é destinada a proteção de ambos os segurados o que representa maior tranquilidade a todos os integrantes da família.

Principais coberturas do seguro de vida:

Auxílio Funeral (Seguro Funerário)

Trata-se de uma cobertura complementar oferecida nos seguros de vida em geral. O auxílio funeral é uma cobertura destinada a arcar com os custos da cerimônia e sepultamento do segurado quando de sua morte.

Essa modalidade irá custear também as despesas com taxas de emissão de documentos solicitados e em casos de transferência do corpo para a cidade natal do segurado.

Podendo contar com alguns serviços específicos como:

Lembrando que para a utilização dos serviços, primeiro é necessário verificar o limite de indenização estipulado em contrato que a seguradora irá assumir.

Qual o valor de um seguro de vida?

Geralmente os valores variam de R$ 15.000,00 a R$ 2.000.000,00. Vai depender da faixa etária do segurado e das coberturas do plano.

Faça um comparativo em várias seguradoras para a escolha do plano que oferecer melhor custo benefício para as suas necessidades.

Como acionar a indenização do seguro de vida?

Para acionar o seguro você ou alguém da sua família deve contatar o corretor ou diretamente a seguradora portando os dados do titular segurado, a apólice do seguro e também dados pessoais dos beneficiários.

Para quem o seguro de vida vale a pena?

Vale a pena se você tem união estável, possui filhos dependentes e não tem acúmulo de bens ou um valor poupado. O seguro de vida irá garantir aos seus dependentes, apoio financeiro por determinado período.

Para aqueles que exercem atividades que oferecem maiores riscos, principalmente autônomos, independente de faixa etária e se possui cônjuge e filhos, já que o seguro de vida cobre despesas por invalidez e doenças graves também.

É indicado para períodos determinados como o tempo para quitação do financiamento de um imóvel por exemplo, garantindo a continuidade caso o segurado seja acometido por algum infortúnio que o incapacite de pagar as mensalidades.

Além de garantir a segurança e tranquilidade dos entes queridos se tiverem que lidar com a ausência do segurado, funciona também como uma poupança financeira na modalidade resgatável caso necessite reaver e utilizar o dinheiro aplicado.

O seguro de vida vai ofertar diversos benefícios de acordo com a modalidade escolhida e o perfil do contratante, e, com certeza em todos os casos vai sempre valer a pena!

Conclusão

É evidente os benefícios de se adquirir esse seguro que contempla uma amplitude de modalidades e coberturas para atender as necessidades e demandas dos diferentes tipos de clientes.

Portanto, não negligencie os riscos que podem te acometer no futuro e mesmo que pareça desconfortável pensar em uma proteção que assegura principalmente em casos de morte, invalidez e doença, tente enxergar de forma racional que se trata de garantia e segurança para você e seus entes queridos.

Conte sempre com o auxílio de corretores referenciados para as buscas do melhor custo benefício para você, seu negócio e sua família!

Acesse os seguros disponíveis

Artigos Relacionados

Seguro Habitacional - Tudo que você precisa saber

Seguro Habitacional

O seguro habitacional garante a quitação do imóvel financiado no caso de morte e/ou invalidez do contratante e muito mais para os imóveis financiados pelo Sistema Financeiro da Habitação.

Leia Mais
Seguro Condomínio (obrigatório) - Todas informações

Seguro Condomínio

O seguro condomínio é obrigatório pela legislação brasileira e tem por objetivo proteger contra sinistros como incêndio, queda de raio e explosões podendo ter coberturas adicionais.

Leia Mais
Seguro Residencial - O Guia Completo

Seguro Residencial

O seguro residencial é destinado as moradias em gral (casa, apartamento, entre outros) com garantias básicas como incêndio, queda de raio e/ou explosão e diversas opções de coberturas e serviços adicionais como roubo e furto, chaveiro, desmoronamento e muito mais.

Leia Mais
Qual o melhor seguro para celular

Qual o melhor seguro para celular?

Existem várias seguradoras que oferecem seguro para celular e o ideal é identificar qual produto se adequa melhor as suas necessidades específicas assim como o valor do seguro e o valor do aparelho segurado.

Leia Mais

Ebook

Tudo que você precisa saber antes de contratar um Seguro Auto

Tudo sobre seguros - Guia Completo

Tudo Sobre

Seguros

 

Acesse o Guia completo sobre Seguros!